Um Beiju da Rita Pereira

Hey, amazings!

Hoje foi dia de ir almoçar fora. Apetecia-me algo que não se come todos os dias. E, como já havia experimentado as tapiocas da Beiju, lá me pus a caminho do Martim Moniz. O restaurante tem as habituais tapiocas, extraída da mandioca com a qual se faz esta goma que serve de base para os mais diversos ingredientes; mas também há lugar para as saladas.

Comi uma tapioca de atum, maionese, ovo cozido e tomate. Estava deliciosa, eu amo a textura da tapioca. Pode ser um ótimo substituto do pão para quem tiver tempo de preparar uma todos os dias. Comi e fiquei bastante satisfeito, é um alimento muito saciante. Acompanhei com um sumo natural. A conta deu 6,90€ (5,10€ + 1,80€). Achei acessível, dada a variedade de ingredientes que a minha tapioca levou. O sumo também fica em conta.

O que achei menos agradável foi a apresentação da tapioca. A primeira vez que comi foi há cerca de dois anos no Wonderland Lisboa, por isso justificava-se terem-ma dado num cartão. A segunda vez foi nas Amoreiras, mas como estava em contexto de lanche, nem liguei ao facto de estar a comer diretamente de um cartão dobrado (com o seu design e todo bem apresentado). No entanto, hoje ia em contexto de almoço e ainda por cima ao restaurante. Eu pensava que ia comer a minha tapioca tal como ela aparece na imagem de apresentação, mas não. Lá tive eu que usar o cartãozinho de sempre. Não sei se servem sempre assim, mas creio que deveriam apostar mais na apresentação em pratos. A qualidade é muito boa, agora só falta o embrulho ser apetecível também.

Quanto ao local, é irrepreensível. Muito bem decorado! Imbuído na natureza, com material design moderno, merchandising da Compal que acredito fazer ali muito sentido. Penetra-se muito bem no conceito de tapiocaria e um néctar vai sempre bem à hora de almoço. Espaço acolhedor, confortável e grande.

Já sabes, Rita Pereira! Adoro as tuas tapiocas. Já provei salgadas. Da próxima vez, será a de Nutella. Agora, é só mexeres uns cordelinhos no que diz respeito à apresentação. De resto, tudo irrepreensível 😀

A minha votação: ★ ★ ★ ✰ ✰ (3/5)

Morada: Rua Dom Duarte, 4A
Santa Maria Maior
1100-198 Martim Moniz, Lisboa
Horário: todos os dias 11h – 20h
Telefone: 211 999 445

 

Estudante de Artes e Humanidades na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Espera um dia ser jornalista/apresentador na televisão nacional.