As fotos de Elvas

Hey, amazings!

Fui à minha cidade no passado fim de semana. Levei a minha amiga e colega de casa, Carina. Ela é madeirense e sempre teve alguma curiosidade em conhecer a cidade património mundial, designação essa que foi atribuída pela UNESCO.

No sábado levei-a a conhecer o centro histórico, andámos pelas ruas típicas elvenses e fomos às muralhas e castelo. De lá, pudemos avistar o Forte da Graça que foi renovado há pouco tempo. Na parte da tarde, fomos fazer um passeio por Badajoz e, obviamente, umas comprinhas. A noite foi passada no Coliseu a ouvir boa música. Dançámos até não mais parar.

A manhã de domingo foi para descansar. À tarde íamos visitar o Forte de Santa Luzia, mas estava fechado. A meu ver, uma cidade que vive, essencialmente, do turismo não pode ter os monumentos históricos encerrados ao público. Ainda para mais num fim de semana que é quando a cidade recebe mais gente. E não me venham dizer que não há funcionários. Com este pequeno percalço, resolvemos visitar a Ponte da Ajuda. A vinda para Lisboa estava marcada para as 18h30, portanto não podíamos demorar muito mais tempo.

A minha amiga tem muito jeito para tirar fotos. Acho que se notou nas últimas publicações que fiz no Instagram 😛 Mas a paisagem ajudou, e muito, para que as fotos ficassem assim tão boas. Foi um três em um – paisagem, modelo e fotógrafa 😉