As bebidas do momento

É verão! Está muito calor. Os dias têm sido muito quentes e já não se aguenta. Imaginem quando chegarmos a Agosto. Eu que sou de Elvas e estou habituado ao clima quente, parece que este ano estou a desfazer-me em água. Mas é mesmo disso que vamos falar. De água. Sem esquecer a água normal (que bebo muuuuuita), ela há de todas as marcas e sabores.

A Água do Luso é, de momento, a minha favorita de todas. Estou a escrever este post e a despachar uma garrafa de litro de Luso Fruta com sabor a limão. É mesmo muito boa, por isso está em primeiro aqui na lista. Acho que ainda só tinha bebido uma vez, mas encantei-me por ela há oito dias na sessão de autógrafos da Cristina em que estavam a oferecer amostras desta mesma água. É excelente!

E como o limão é rei no verão, a segunda favorita é a Água das Pedras. Gosto muito da tradicional, mas esta com sabor a limão é qualquer coisa de especial. É muito refrescante. E, como diz a minha mãe, faz-nos “arrotar” para ficarmos bem dispostos. É a que tenho bebido mais este ano. Acho que foi o meu professor de Ciência e Arte que me pegou o desejo.

Os tradicionais Lipton, mas em garrafinha e muito mais refrescantes. Se tentarmos perceber, devem ser aqueles que mais bebemos quando vamos ao café, a almoços, a jantares, etc. mas no formato de latinha. Só que em garrafa há outros sabores. Como é o caso do chá verde de hortelã e lima que eu experimentei pela primeira vez numa amostra que me deram no metro. É do melhor! Parabéns, Lipton Ice Tea!

Por último, mas não menos importante. A Frize é a que menos bebo agora. Mas foi a que mais bebi nos anos passados. Portanto não a podia deixar de fora. É, também, muito refrescante e se for acompanhada com uma rodela de limão é do melhor que há. E tem o fator “arrotinho” que é tão importante para a minha mãe e para outras pessoas que o necessitam para se sentirem libertas 😛

E vocês? Qual é a vossa bebida favorita para este verão? Contem-me tudo aqui nos comentários 😀

Estudante de Artes e Humanidades na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Espera um dia ser jornalista/apresentador na televisão nacional.