Três Cartazes à Beira da Estrada

Hey, amazings!

Estamos a caminho dos Óscares e eu tenho mais um filme visto. O Três Cartazes à Beira da Estrada é um grande filme. Gostei muito! A história é incrível e a protagonista faz um papel brilhante.

Basicamente, a história assenta na morte e violação da filha da protagonista. A partir daí tudo é desencadeado em torno desse fatídico acontecimento. Portanto, a personagem principal, Mildred Hayes, resolve alugar três cartazes à beira da estrada e escrever que já se passaram seis meses e a polícia local não chegou ao violador. Em vez disso, preferem maltratar os cidadãos de raça negra e praticar o racismo.

Após muitas reviravoltas, alguma ação e mortes, a polícia resolve tomar iniciativa. Chega-se, apenas, a um suspeito. Suspeito esse que nem se chega a confirmar como violador da filha de Hayes.

Confesso que adorei a história, acho que foi muito bem pensada. No entanto, detestei o final e acho que deveriam ter explorado mais a situação. Fiquei com a ideia de que foi feita ali uma cena improvisada só para terminar o filme. Não sei se estou a dar spoiler, mas não se descobre o verdadeiro assassino/violador. O filme falha nisso. Eu adoro histórias de mistério e esta não acaba resolvida.

Estudante de Artes e Humanidades na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Espera um dia ser jornalista/apresentador na televisão nacional.