Estreou no passado Sábado a segunda temporada do Shark Tank, na SIC. Acompanho o formato Americano na SIC Radical. Devo dizer que, para quem se interessa por empreendimento e novos negócios, este é o programa onde se pode encontrar a inspiração.

14355511_1086619441386973_8994826237591834677_n

Quero destacar três empreendedores que se arriscaram a mergulhar no lago dos tubarões.

14522953_1095262503856000_3323567921185454045_n

Em primeiro lugar, a Bioco Tradition representa a emancipação da mulher. Assim o diz a fundadora e CEO da marca. Os Biocos não são nada mais nada menos do que capas. Foram inspiradas nas antigas capas Algarvias que as mulheres tinham de vestir antes de sair à rua. Agora, para a mulher do século XXI, este vestuário representa a sua personalidade forte e também uma forma mais arrojada de se vestir. Só é pena não haver Biocos para homem 🙁 são tão giros.

14449771_1095125023869748_9080051221996188300_n

A segunda marca que também me despertou algum interesse foi a Tuganos. Consiste na personalização das tão confortáveis chinelas de enfiar no dedo. O empreendedor não conseguiu fechar negócio com os sharks. Mas a minha curiosidade e vontade de experimentar as Tuganos ficou mais desperta.

14519697_1095127440536173_999347891770141373_n

Em terceiro e último lugar, a APP Tag Jam. A sua estrutura é similar à do SnapChat. Contudo, baseia-se no som e música. Imaginemos que me lembro de uma música e apetece-me cantá-la, depois disso posso colocá-la na História (género de timeline) ou então enviar para um amigo e ter a possibilidade de continuar a cantar a música que eu já comecei. Esta APP pertence a um grupo de jovens amigos, infelizmente não a encontrei para descarregar.

E vocês, caros leitores, viram o Shark Tank? Gostaram? Contem-me tudo!

Estudante de Artes e Humanidades na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Espera um dia ser jornalista/apresentador na televisão nacional.